Serviços

Aparelhos ortodônticos

A partir dos 4 anos já é possível detectar problemas na mordida e iniciar um tratamento com técnicas próprias para a idade. Nesta idade é comum observarmos problemas relacionados à respiração bucal, hábito de chupar dedo ou chupeta, interposição da língua (falar projetando a língua para fora ou interpor a língua no meio dos dentes durante a deglutição).

O exame precoce de uma criança permite que o ortodontista avalie e detecte possíveis problemas ortodônticos ou ortopédicos (esqueléticos) e possa planejar algum tratamento, se necessário.

Aparelhos metálicos: Braquetes metálicos são os mais utilizados, por suas excelentes características mecânicas e pelo custo reduzido quando comparados a braquetes estéticos.

Aparelhos estéticos: São extremamente discretos, porém existe uma diversidade muito grande destas peças.  Sua estética é excelente. Este fato é fundamental ao escolher estas peças, por isso existe um custo diferenciado.

Alinhadores invisíveis

Os alinhadores são praticamente invisíveis e reposicionam seus dentes passo a passo para conseguir o sorriso que você deseja. É utilizado um jogo de alinhadores sequenciais, feitos sob medida.

Veja as facilidades de um tratamento ortodôntico com alinhadores:

•Você retira os alinhadores para comer, escovar os dentes e passar fio dental;

•A troca dos alinhadores é feita a cada duas semanas.: Seu doutor fará um acompanhamento do progresso de seu tratamento até que você obtenha um sorriso maravilhoso.

•Seus dentes se movem pouco a pouco.

•O controle de todo o processo é feito por um ortodontista credenciado.

•Não interfere no seu estilo de vida: Para algumas pessoas, dentes e arcadas dentárias incorretamente posicionadas podem gerar dificuldades na fala e problemas na mastigação. Corrigir sua mordida endireitando seus dentes pode ajudar melhorar ambos.

•Não há fios ou metais que irritam a sua boca. Logo, a maioria das pessoas nem vão notar que você está em tratamento!

Implantes

O que são implantes dentários?

O implante dentário é um parafuso cilíndrico de titânio que é cirurgicamente instalado dentro do tecido ósseo, onde antes existia um dente natural. Após o período de calcificação do osso ao redor do implante (período de ósseo-integração), tempo este que pode variar de 30 a 180 dias, procede-se à confecção de uma coroa de porcelana que será presa ao implante através de um parafuso. O implante dentário ajuda a diminuir o processo de perda óssea nos ossos maxilares, e proporciona aos clientes um conforto muito maior quando comparado as próteses fixas, totais (dentaduras) e removíveis (pererecas).

Quais as vantagens dos implantes dentários?

Uma vantagem significativa dos implantes dentários é que eles não sobrecarregam os dentes naturais, como acontece nas próteses fixas e removíveis ("pererecas"). Os implantes dentários tem se tornado um procedimento corriqueiro, cada vez mais ao alcance do clínico geral e dos pacientes, com um mínimo de "stress" e dor. Os resultados obtidos com implantes e próteses sobre implantes são impressionantes.

Como são feitos os implantes dentários?

Uma vez que se defina os implantes dentários como o tratamento de escolha, o cirurgião dentista insere cirurgicamente o parafuso de titânio dentro do osso, para que este calcifique ao redor dos implantes, processo chamado de ósseo-integração. Assim que o implante dental é instalado dentro do osso, coloca-se um parafuso de proteção no topo do implante, até que se atinja a ósseo-integração que varia de 30 a 180 dias, dependendo das condições ósseas e do tipo e marca de implante utilizado.

A Toxina Botulínica na Odontologia

A toxina botulínica possui vários nomes comerciais. Contudo o seu uso não se limita somente ao uso estético, essas substâncias dentre inúmeros outros usos pode ser usada para resolver ou atenuar problemas bucais. Apesar de ter uma conservação complicada a sua manipulação e uso são muito fáceis e seguros. Cada vez mais os dentista estão buscando na toxina a solução para os problemas do seu pacientes.

Botox para o Bruxismo

Para o briquismo ou bruxismo, a toxina vem ajudando os pacientes que sofrem por apertar ou ranger os dentes durante o dia ou à noite. A toxina é injetada nos dois lados no músculo masseter, principal músculo da mastigação e diminuir a sua potência e o estímulo para o bruxismo. Vem apresentando resultados surpreendentes mesmo porque é um tratamento bastante novo. Outro uso da toxina é no tratamento das dores orofaciais e problemas e disfunções da articulação temporo mandibular - ATM.

Para o Sorriso Gengival

Para os pacientes que sempre buscam melhorar o sorriso, a toxina pode ajudar ainda mais. Pessoas que mostram demasiadamente a gengiva - sorriso gengival - têm outra opção hoje ao invés da cirurgia. Paralisando o músculo responsável pelo levantamento do lábio superior de ambos os lados, vamos ter uma menor exposição da gengiva. O bloqueio químico não deixa sensação de anestesia ou face paralisada.

A toxina botulínica pode também ser usada nos seguintes casos

1) Diminuir a potência mastigatória em casos de implantes, enquanto se está esperando o tempo de osteointegração;

2) Corrigir sorrisos assimétricos ou tortos;

3) Dores orofaciais de origem muscular;

4) Problemas com bruxismo e ATM;

5) Assimetria de face.

Clareamento dental

O clareamento dental consiste em utilizar produtos à base de peróxido de hidrogênio, que, quando em contato com a superfície dos dentes, conseguem quebrar as moléculas pigmentadas, dissociando-as em moléculas menores e deixando o dente mais claro.

Lentes de contato

Está incomodado com a aparência dos seus dentes? Diversos pacientes, incluindo as celebridades, estão recorrendo à colocação da lentes de contato dentais. O procedimento estético consiste na aplicação das peças, uma a uma, em cima dos dentes. Elas são capazes de ajustar cor, tamanho e formato, criando um sorriso harmonioso. 

O QUE É A LENTE DE CONTATO DENTAL?
Popularmente, o nome lentes de contato é usado para denominar as facetas de cerâmicas odontológicas ultrafinas. Elas possuem, em média, de 0,3 a 0,5 milímetros. Isto possibilita executá-las com o mínimo preparo dental, conservando assim mais estrutura do dente intacta. Esses preparos sãos os desgastes dos dentes, que podem variar entre 0,2 a 1,5 milímetros, dependendo do caso. Mesmo com espessuras finas, os laminados após cimentados no dente tornam-se estruturas resistentes

Prótese dentária

O que é prótese dentária?
Prótese dentária é o artefato que substitui total ou parcialmente o dente natural quando não é possível restaurar o mesmo com resina composta, ou quando um ou mais dentes foram perdidos. O seu principal objetivo é a reabilitação bucal, restabelecendo as funções estética, fonética e mastigatória.
As próteses podem ser unitárias, parciais ou totais, sendo apoiadas em dentes naturais, raízes residuais, implantes ou até mesmo sobre a gengiva, quando se trata de dentaduras. Podem ser removíveis ou fixas, isto é, cimentadas sobre os dentes ou implantes. A aplicação de cada tipo de prótese, suas vantagens e desvantagens, indicações e contra-indicações devem ser analisadas pelo cirurgião-dentista e o paciente.

Periodontia

O que é periodontia?

Periodontia, periodontologia ou raspagem é o tratamento que visa a cura de processos inflamatórios e infecciosos da gengiva.

A gengiva é o tecido que reveste o osso que sustenta os dentes. Em virtude da má higiene, do fumo, do stress, da baixa imunidade e de maus hábitos alimentares, a gengiva fica fragilizada às infecções decorrentes de bactérias.

Por que realizar um tratamento de periodontia?

Remoção de placa bacteriana e cálculos dentários;

Diminuição do grau de infecção bucal;

Salubridade dos tecidos;

Cura do processo inflamatório / infeccioso;

Desaparecimento da supuração e do sangramento gengival;

Melhoria estética das regiões com retração gengival;

Prevenção contra doenças que provocam perda de dentes.

Tratamento de canal

O que é tratamento de canal?

O tratamento do canal da raiz dentária consiste na retirada da polpa do dente, que é um tecido encontrado em sua parte interna. Uma vez que a polpa foi danificada, infeccionada ou morta é removida, o espaço resultante deve ser limpo, preparado e preenchido. Este procedimento veda o canal. Alguns anos atrás, os dentes com polpas infeccionadas ou mortificadas eram extraídos. Hoje em dia, um tratamento de canal salva muitos dentes que de outra forma teriam sido perdidos. aparência natural. Se o dente estiver fraturado ou muito destruído pode ser necessário colocar um pino cimentado no canal antes da confecção da coroa.

Cirurgia dental

Veja alguns tópicos abaixo
- Extrações
- Gengivoplastia - sorriso gengival
- Frenectomia
* O que é Extração Dental?
Também conhecida como Exodontia, a extração dental é a remoção do elemento dentário (dente). Pode ser realizada através de cirurgia, como:
Exo incluso, semi incluso ou impactado: É aquele dente que não consegue erupcionar (nascer), não atingindo sua posição na arcada dentária dentro do tempo esperado;
Exo Raiz: Retirada de restos de raízes presas dentro do tecido ósseo ou presas à gengiva;
Exo Simples: Extração de dentes que erupcionaram normalmente, mas que podem estar danificados (cariados, quebrados, etc). Também é o termo utilizado para a extração dos dentinhos de leite das crianças.

Bruxismo

O que é Bruxismo?
Se você acorda e os músculos da sua mandíbula estão doloridos ou com dor de cabeça, você pode estar sofrendo de bruxismo - um ranger ou um forte apertar dos dentes. O bruxismo pode fazer os dentes ficarem doloridos ou soltos, e, às vezes, partes dos dentes são literalmente desgastados. Eventualmente, o bruxismo pode acarretar a destruição do osso circunvizinho e do tecido da gengiva. O Bruxismo também pode levar a problemas que envolvam a articulação da mandíbula, como síndrome da articulação têmporo-mandibular (ATM).
Como saber se tenho bruxismo?
Para muitas pessoas, o bruxismo é um hábito inconsciente. Estas pessoas podem nem mesmo perceber que estão fazendo isto, até que alguém comente que elas fazem um horrível som de ranger de dentes enquanto estão dormindo. Para outras pessoas, é quando fazem um exame dental rotineiro e descobrem que seus dentes estão desgastados ou o esmalte de seu dente está rachado.
Outros potenciais sinais de bruxismo incluem dor na face, na cabeça e no pescoço. Seu dentista é capaz de fazer um diagnóstico preciso e determinar se a origem da dor facial é causada por bruxismo.

Tratamento para ronco e apnéia do sono

O que causa o ronco e a apnéia?Durante o sono, músculos e tecidos moles da faringe e boca relaxam e acabam diminuindo a passagem do ar. Causando uma vibração no palato mole e úvula. Estas vibrações destes tecidos moles relaxados são chamadas “respiração ruidosa ou ronco. É importante mencionar que a pessoa que ronca não tem, necessariamente, apnéia. Porém, alguns pacientes, fazem apnéia obstrutiva durante o sono, neste caso tipicamente, roncam pesado e, então, param de respirar.

Ligue e marque hoje uma consulta com um membro da nossa equipe e veja o que eles podem fazer por você!